anterior

Distribuição do Valor Adicionado (R$ milhões) |GRI EC1|

2007 2008 2009 2010 2011
Receita operacional 12.923 15.432 18.834 22.075 22.332
Insumo adquiridos de terceiros 7.655 8.418 10.041 11.807 11.280
Valor adicionado bruto 5.268 7.014 8.793 10.268 11.052
Depreciações e amortizações 818 856 828 933 872
Valor adicionado líquido produzido 4.450 6.158 7.965 9.335 10.180
Receitas financeiras 1.411 755 1.101 1.126 1.047
Resultado da equivalência patrimonial 243 243 179 150 105
Valor adicionado a distribuir 6.104 7.156 9.245 10.611 11.332
Pessoal 1.025 1.736 2.347 3.065 3.063
Impostos, taxas e contribuições 2.824 3.093 3.436 3.836 4.439
Remuneração de capitais de terceiros 969 1.772 1.837 2.657 2.967
Remuneração de capitais próprios 1.286 555 1.625 1.053 863

desses recursos, somou R$ 10.180 milhões em 2011 (R$9.335 milhões em 2010). Ele é calculado a partir da diferença entre a receita obtida com a comercialização dos produtos e serviços e as despesas decorrentes de pagamento de bens e serviços adquiridos de terceiros e os custos de depreciação e amortização. O valor foi distribuído da seguinte forma: 39,2% para governo e sociedade, na forma de impostos, taxas e contribuições; 26,2% como remuneração de capitais de terceiros (juros e aluguéis); 27,0% para colaboradores (salários, encargos trabalhistas e benefícios); 7,6% para acionistas (dividendos).